sexta-feira, 29 de abril de 2011

Napoleon Dynamite (2004)




Napoleon Dynamite, é um daqueles casos estranhos de como se pode inovar, fazer bem e captar o telespectador sem violência, sexo ou obscenidades. É um filme completamente nonsense, que surpreendentemente mantém a coerência e a consistência do princípio ao fim. Embora não seja um "filme de época", a atmosfera de princípios dos anos 1980 está por todo o lado, das roupas aos penteados, embora só a personagem Rico assuma (várias vezes) que o tempo deveria ter parado em 1982.

Bem escrito, portanto, e magistralmente interpretado por um punhado de actores entre o semi-conhecido e o desconhecido.

No fundo, é um filme que mostra a vida de um jovem, com o mesmo nome, que vive na pequena cidade de Preston, Idaho, com a avó e o irmão mais velho desempregado. A vida de Napoleon transforma-se: (a) quando a sua avó sofre um acidente ao cair de uma moto e o seu tio Rico, antigo jogador universitário de futebol americano, também desempregado que vive numa carrinha chega para tomar conta da casa enquanto a sua avó está hospitalizada; (b) conhece a sua cara metade numa venda ao domicílio; (c) torna-se amigo de Pedro Sanchez, o novo e "lento" miúdo da escola. O resto é filme!


(excerto do número de dança que Napoleon faz para apoiar a candidatura à presidência da escola do seu amigo Pedro)


video


(Cenas do filme)





Sem comentários:

Enviar um comentário